ARRANCANDO O VÉU DE NOSSOS CORAÇÕES

15 agosto, 2007

de novo?……..

O Nitro passou por um período de recesso, reflexão, e neste mesmo período, eu particularmente também parei e fui desafiado por Deus. Ele não estava ou não está interessado no que eu estou fazendo, mesmo que seja para Ele. Ele se interessa por mim.
Ele não se impressiona com os nossos feitos, grandiosos, espetaculares ou pirotécnicos. Deus está interessado em nossas vidas.
O Nitro tem como slogan: “manifestar o Filho para conhecer o Pai”.– e confesso que eu ando pensando muito nesta frase. Eu fiz muitos planos para o Nitro, e para mim mesmo, mas nem todos ou quase nenhum se cumpriu.
Em primeiro lugar, temos que compreender QUEM sou eu.
Em MATRIX, principalmente no 1° filme, mas nos outros dois também acontece isso, todos acreditam que NEO é o esperado, mas ele mesmo não tem tanta certeza disso, mas TODOS os feitos espetaculares que vimos ele realizar depois, só ocorreram após ele começar a crer e aceitar quem ele era. Mas JESUS sempre soube quem ele era e sua missão, e isso fez diferença em todo seu ministério.

“Há uma diferença em conhecer o caminho e trilhar por ele”.

II Coríntios 3: 3 a 8 / 13 a 18.

Viver a palavra é muito mais profundo que apenas conhecer. Deus está interessado em uma geração que viva a palavra, que trilha o caminho com Ele. Uma geração que reflita sua glória. Você pode decorar textos, versículos (não que isso seja mal), mas não há poder quando você os mencionam apenas. Quando você apenas SABE a palavra de Deus, você tem conhecimento. Quando você VIVE a palavra de Deus, você tem autoridade.
Temos vivido dias onde as pessoas têm se enchido de tarefas e mais tarefas, principalmente dentro das igrejas. Pessoas que vivem uma glória passada, a unção passada, a benção passada… Tudo para elas é no passado. Ou então são pessoas que não possuem mais forças naquilo que fazem, não tem mais paixão ou não tem mais tempo para dedicarem suas vidas a Deus como antes, mas preferem ou tem que viver atrás de um véu de conformismo ou comodidade para não perder privilégios ou status.
Que não sejamos iguais a Moisés. Quando a glória (presença de Deus) estiver indo embora, não permita. Tire o véu, pelo menos para o próprio Deus, assuma a sua posição. Admita seus fracassos e fraquezas.
Quando nós fizermos isso, estaremos admitindo que necessitamos de Deus. O véu é arrancado e o Espírito Santo faz a sua parte.
Neste período tenho passado por questionamentos, mas eles só me dizem uma coisa: Deus sabe quem eu sou, eu preciso ser transformado e para eu ser transformado, antes Ele tem que me mostrar quem eu sou para mim mesmo.
Então seremos transformados a semelhança de Jesus.
“Manifestar o Filho (em mim primeiro) para conhecer o Pai (e viver sua palavra)”.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: