MORTE E VIDA SEVERINA

15 agosto, 2007

Claro que esse texto não trata de uma resenha literária, mas peço licença ao mestre João Cabral de Melo Neto e me aproprio do nome desta grande obra da literatura brasileira para expressar um pensamento. Vida cristã é vida? Vou melhorar a questão. Vida cristã é a vida que todo mundo deseja? Com certeza há uma meia dúzia de pessoas que de imediato dirão que sim. São hipócritas. Outro grupo dirá que depende. São os indecisos e obscuros. E talvez a pequena minoria dirá que não. Esses são os sinceros de coração. Quando digo vida cristã, não falo das bênçãos e regalias que tão fácil é pregado hoje, mas da vida de responsabilidades, compromissos, disciplina, confrontos e deserto, principalmente esses dois últimos.
“Eu afirmo a vocês que isto é verdade: se um grão de trigo não for jogado na terra e não morrer, ele continuará a ser apenas um grão. Mas, se morrer, dará muito trigo”. – João 12; 24 (NTLH).Jesus nos mostrou que vida cristã significa morte. Morte para nossos desejos carnais, para o nosso ego. Segundo John Stott: “Não há cristianismo sem cruz”. Não dá para separar vida cristã e a cruz de Cristo, e não falo de forma simbólica. É uma afirmação real e bíblica.
“Não serve para ser meu seguidor quem não estiver pronto para morrer como eu vou morrer e me acompanhar”. – Mateus 10; 38 (NTLH).Infelizmente tenho visto e percebido pessoas “cristãs” vazias de conteúdo, vazias de vida, porque apenas desejam os benefícios do evangelho aqui, agora na terra e não trabalham para conquistar tesouros no céu, presentes eternos. De quem é a culpa? Talvez dos líderes e pastores que preferem encher suas igrejas com ovelhas “gordas” e ricas. Não sei. Talvez das igrejas que preferem pregar um evangelho de facilidades e humanista, dando mais valor a força humana e tirando Deus de sua centralidade. Também não sei, mas prefiro acreditar que a culpa é de cada um de nós, cristãos verdadeiros, pois como Martin Luther King disse certa vez: “Não tenho medo do grito dos maus. Mas do silêncio dos bons”. Então não se conforme com essa realidade. Grite! Vamos realizar uma revolução silenciosa, em oração pelas nossas vidas, igrejas e líderes.

Anúncios

3 Respostas to “MORTE E VIDA SEVERINA”

  1. mariane Says:

    por que nao tem resenha do livro morte evida severina

  2. luna Says:

    Querida Mariane, como disse no início do texto, não se trata de uma resenha literária, apenas utilizei do título do livro para ilustrar uma situação… Desculpe.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: