A desconstrução de Deus – parte I

28 março, 2008

Quando nascemos recebemos de nossos pais, características que revelam de quem somos filhos. Em nós é construída toda a personalidade, e durante nossa vida ela vai se aperfeiçoando, crescendo, amadurecendo…ou se perdendo.

O homem nasceu com características indeléveis de Deus. Ele nos fez seu povo e seus filhos, mas fomos perdendo estes detalhes. Fomos descontruindo Deus em nossa personalidade. Isto não significa destruir, mas sim, desfazer o que estava construído por Deus em nós, para colocarmos nova edificação no lugar. Neste caso, uma edificação humana.

Quando deixamos de depender de Deus em todos os aspectos da vida, estamos descontruindo Deus em nós. Estamos levantando uma obra humana. O homem com sua rebeldia começou a andar distante de Deus. Perdeu a intimidade com o Pai. Muitos fatores contribuem para isso; o individualismo, o perfeccionismo, a exaltação do ego e da criação humana. Deus nos deu inteligência e criatividade para uso em nossas vidas e em sua casa. Em êxodos, Deus chama pessoas específicas para edificarem o tabernáculo. Ele não deu ordens para qualquer pessoa, Ele sabia com quem poderia contar. Em Coríntios, Paulo diz que somos cooperadores e edifício de Deus.

Os jovens sofrem maiores influências desta descontrução. A mídia, a sociedade e a cultura pós-moderna jogam pesado contra os valores de Deus. A solidão e a tecnologia completam este quadro. O crescimento do índice de pessoas homossexuais, suicidas, loucas e viciadas denotam pessoas que desconstruiram Deus de suas vidas. São pessoas que exaltam a criação mais que o Criador. O prazer carnal sem medidas, sem limites, o hedonismo, colocam as pessoas idolatrando o homem, centralizando o eu no universo. Tirando o foco de todas as atenções e finalmente, de toda honra e louvor de Deus para o homem. Chegamos a tal ponto que cada um de nós pode ter ou ser o nosso deus pessoal. As pessoas cansaram de fórmulas criadas por uma casta sacerdotal, e querem um contato direto com o seu deus, de tal modo que a mistura de crenças hoje é natural e escatológica, o ecumenismo é a intenção do anticristo para desviar o foco de Deus para ele.

Vivemos uma geração semelhante ao povo da terra de Sinar que da mesma forma construíram uma edificação que os levasse a Deus. Construíram uma torre que iria tocar os céus, mas era fruto de uma motivação errada. Uma construção de exaltação do ego. A torre de Babel é um grande exemplo de descontrução de Deus. A nossa geração está querendo construir torres para acessar os céus, e desta forma deixam Deus de fora. Desconstroem Deus para construírem os seus deuses, humanistas ou hedonistas. Não mais de madeira, pedra ou barro, mas deuses de carne e osso, parecidos com eles mesmos. Deixaram de querer um deus e desejam ser eles mesmos os deuses. Construindo em si uma imagem distorcida de Deus. 

E a conclusão é que o homem perdeu todo o sentindo de ter Deus em sua vida. Descontruiu Deus para construir, criar um deus a sua imagem e semelhança.

Anúncios

Uma resposta to “A desconstrução de Deus – parte I”

  1. joselio viana Says:

    JESUS, EU CONFIO EM VÓS
    Deus condena imagens de ídolos e falsos deuses, te pergunto, seu Senhor e meu Senhor Jesus Cristo e um falso deus? Claro que não, Deus proíbe imagens de falsos deuses, mas Ele manda fazer imagens, (Êxodo 25,18-22; Êxodo 37,7-9; Numero 7,89 – 21,4-9; 2Samuel 6,2; 1Reis 6,23-35; 2Cronicas 3,10-14; Ezequiel 41, 17-20 e 43,4-6), o problema, não são as imagens e sim o anti-Catolicismo que existe dentro do protestantismo que esta levando muitos irmãos evangélicos para o lado do pensamento dos fariseus, “pode o servo ser maior que seu Mestre?”, se seu Senhor e meu Senhor Jesus Cristo foi perseguido, porque a Igreja que Ele fundou não seria? E mais, Ele disse, Eu edificarei a minha Igreja, observe Ele fala no singular e não no plural, com a mentira que os espíritos malignos protestantes colocaram em muitos corações evangélicos, será difícil convence-los, más para Deus nada e impossível.
    Obrigado meu Deus pela perseguição a Santa Igreja Católica.
    Só uma coisinha, Martinho Lutero apareceu 1500 anos depois da Santa Igreja ser fundada por Jesus, então amados irmãos, vocês tem que ser agradecido por o Brasil ser um pais Católico, tenta evangelizar os Mulçumanos, Hindus e muitos outros para ver o que acontece, vai na China Evangelizar, a Igreja Católica esta seguindo o que Jesus mandou, ” se alguém te bater em um lado da face ofereça a outra”.
    Nós brasileiros, Católicos ou protestantes, temos a liberdade de falar sobre nossa fé, porque estamos no Brasil, graças a Deus, nos paises árabes os cristãos estão sendo assassinados só pelo fato de serem Católicos ou protestantes, neste ano várias igrejas foram queimadas no Iraque, na Índia e muitos padres e freiras foram assassinados, na China os Católicos FIÉIS, ligados ao Papa estão proibido de celebrar missas, torturas e muitas humilhações estão acontecendo mundo afora, só porque somos CRISTÃOS, então protestante agradeçam por o Brasil ter sido colonizado por Cristãos Católicos.

    AMÉM!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: