Olimpíadas made in China

15 agosto, 2008

Sabemos que a cada 4 anos, uma cidade de um determinado País é incumbida de sediar os jogos olímpicos. É neste momento então, que não só a cidade, mas o próprio país tem a oportunidade de mostrar o que ele tem de melhor, não só nos esportes, mas também nos aspectos político, comercial e turístico.

Foi assim em Atlanta, Sidney e Atenas, só para lembrar as mais recentes. Mas o que a China tem de bom para mostrar? Muita coisa. É um povo de cultura milenar, tradições riquíssimas, história e culinária curiosas. Mas o fato é que, o governo de Pequim ou Beijing, como preferir, escolheu mostrar os dois aspectos mais divulgados no mundo todo, e infelizmente, os negativos.

Em primeiro lugar, mostra-se um governo notoriamente repressor, até com os visitantes. Os jornalistas reclamam da falta de liberdade de trabalho. Onde eles andam, são acompanhados de perto por policiais e até tanques. E mais, a China é conhecida por sua “manufatura alternativa” mais conhecida como pirataria. Lá se falsifica de tudo, e como não podia ser diferente, falsificaram até a cerimônia de abertura. O que eram pegadas de fogos de artifícios, na realidade, eram imagens manipuladas no computador. A cantora mirim, na realidade era apenas uma marionete, dublando a voz da verdadeira cantora, que foi excluída por não ser “perfeita” para mostrar a beleza chinesa. O último atleta que carregou a tocha olímpica e acendeu a pira, ganhou uma boa grana para isso, sem contar que sua marca de materiais esportivos veste os atletas chineses, nada demais isso, se o símbolo da marca não imitasse descaradamente o símbolo da Nike e o slogan, é cópia da Adidas.

Tem ainda o caso das atletas da ginástica olímpica, que tem aparência de crianças de 12 anos, mas seus registros dizem que tem 16! Será?! Infelizmente, ter um governo ditatorial acaba gerando essas situações, pois sempre tenta mascarar a verdade, maquiar as imperfeições, que todo ser humano tem, porque seria diferente na China? Foi assim no Brasil nos anos de repressão militar. Nossos artistas, cantores, enfim, pessoas públicas, eram obrigadas a pactuar com máscaras, que maquiavam a verdade para o povo, mas que não escondiam as feridas e as lágrimas, de quem lutou pela liberdade.

Copiar e falsificar, seriam as qualidades da China? Não creio. Mas infelizmente, o que poderíamos esperar de um governo onde o termo “made in” para os produtos feitos em seu território, é pejorativo no mundo todo?

Até as olimpíadas são Made in China!

Espero que a cerimônia de encerramento seja mais imperfeita e natural!

Uma resposta to “Olimpíadas made in China”

  1. elianderson Says:

    “se o símbolo da marca não imitasse
    descaradamente o símbolo da Nike e
    o slogan, é cópia da Adidas”. hauahau
    mas é uma cópia completa. sem personalidade
    alguma. Deus do céu, como consegue!


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: