Apenas para se divertir…

1 outubro, 2008

“A vida não é filme e você não entendeu…”, diz a letra da música Ska, dos Paralamas do Sucesso. Pensei nessa música hoje pela manhã, lembrando do filme que fui assistir ontem com Cléa.

Era mais uma comédia ultra babaca do Adam Sandler (Zohan, o agente bom de corte), aliás, acho que essa superou todas as outras. Mas o mais incrível da história, é que eu dei altas gargalhadas, o filme era totalmente sem nexo, mas tinha algumas pitadas de inteligência. Por exemplo, quem está desatualizado com a vida virtual, não vai entender certas piadas, assim como, quem não compreende os costumes palestinos e judeus, também não. Mas no geral, é uma grande ópera bufa com direitos a efeitos especiais e uma mensagem de auto aceitação e valorização do seu sonho (ok, ok, sei que exagerei nesse comentário, mas tem que ter algum valor positivo no filme né).

Mas, fiquei pensando hoje pela manhã, quando lembrei dessa música dos Paralamas, nem todo filme tem que ter uma mensagem positiva ou reflexiva da vida, digo isso, porque eu gosto de assistir filmes que me façam pensar sobre minha vida. É possível se fazer filmes apenas para diversão, dar risadas, levantar o astral, como uma boa piada contada por algum amigo nosso. Afinal, a vida não tem que ser 100% seriedade, quem disse isso?

Talvez alguns de vocês pensem, – “Nossa, ele ir ao cinema pra assistir esse tipo de filme?! Misericórdia!” – Sabe, Jesus passou por essa situação também, de ser julgado pelo que fazia. Em Mateus 11 a partir do verso 16, (clique aqui para ler), Jesus nos diz que os fariseus e os doutores da lei (sempre eles), diziam que João Batista, por fazer abstinência de comida e bebida, tinha demônio, e Jesus, por estar sempre comendo e bebendo rodeado de publicanos e pecadores, era fanfarrão. E muitas vezes, levamos nossas vidas assim, muito a sério. Nossa conversa só pode ser santa, nossas amizades, idem. Piadas? Nem pensar.

Acho que muitas vezes queremos ser santos demais, espirituais demais e esquecemos que a vida é bem mais prazerosa e mais leve do que pensamos. De vez em quando é bom rir. Rir de mim mesmo, das minhas ridicularidades. Rir de outras pessoas, rir com outras pessoas, conversar para apenas se divertir!

E foi isso que esse filme fez comigo. Foi apenas diversão! Um filme para desopilar o fígado como diz Cléa. Num dia-a-dia corrido, é ótimo rir de situações rídiculas, e pior, de assuntos sérios, mas que dependendo da ótica, tornam-se piadas, de tão ridículos.

Se você quer assistir um filme para pensar, vá ver Ensaios sobre a Cegueira ou outro filme qualquer, mas se está afim de apenas se divertir, sem compromisso de nem lembrar a história do filme direito no dia seguinte, permita-se assistir Adam Sandler.

Ria de você, ria para você e ria com você mesmo. Faz bem a alma.

Anúncios

Uma resposta to “Apenas para se divertir…”

  1. elianderson Says:

    ‘desopilar o fígado’ é bem a cara
    da cléa mesmo. hauahauahauah
    em jocum todo filme tem que ter
    uma moral, uma aplicação pessoal,
    mas eu gosto de pensar que alguns
    filmes, músicas, arte em geral, são
    apenas para diversão. eu não como
    apenas quando sinto fome, como quando
    tenho vontade tambem, quando alguma
    comigo me desperta desejo. então porque
    ser tão sério com a diversão. arte, quase
    sempre, é acima de tudo diversão.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: