Um amor maior

27 janeiro, 2009

Li recentemente, e tenho participado de um debate via comentários de um texto muito bom, sobre relacionamentos no blog do sandro (ler aqui). E o que muitas pessoas não compreendem, às vezes é mais fácil dizer apenas para amar.Confesso que é isso que tenho tentado desde o começo de 2008. Estou inserido numa comunidade pobre, simples, de pessoas aposentadas ou até mesmo analfabetas. A cidade apesar de ser praieira e próxima da capital João Pessoa, faz com que as pessoas não tenham uma disposição de conhecer e aceitar o novo. Preferem viver a mesma vida, ano após ano.

Não se relacionam. Não há interação, nem com os jovens.

Como sempre escrevo aqui, eu busco um relacionamento sadio com Deus e também entre os homens. Mas o que sinto, e verdadeiramente sinto, é que fui rejeitado por ser diferente, por ser de fora, por ser “intelectual” ( como se ler alguns poucos livros me tornassem assim).

A comunidade age dessa forma, não só comigo, mas com todos que são diferentes. Com todos que não aceitam a mesmice e relacionamentos frios, maniqueístas e hipócritas. Relacionamentos, onde só sou procurado quando há algum interesse financeiro. Quando há alguma coisa que eu possa fazer para a igreja.

Faz mais de um mês que não apareço na igreja, por diversos motivos, e até agora não recebi uma ligação sequer, nem do pastor. Quanto mais uma visita.

Uma coisa eu decidi para esse ano de 2009. Eu quero relacionamentos reais, onde eu possa discordar dos pontos de vista, e mesmo assim, amar e ser amado pelas outras pessoas. Relacionamentos onde há atrito, assim como o ferro afia outro ferro. Relacionamentos de pessoas diferentes, maduras ou que estão no caminho da maturidade.

Relacionamentos onde o que interessa apenas é a presença da pessoa, não o que ela pode me oferecer ou eu a ela. Onde a única troca e interesse seja a ajuda mútua para crescimento na fé.

Como diria Jota Quest, !quero um amor maior”. Só isso.

3 Respostas to “Um amor maior”

  1. Jota Says:

    Luna qual é seu email?

  2. Renata Alves de Souza Says:

    Nossa eu amei os seus textos principalmente o que você diz sobre um amor maior, sabe é assim que me sinto vivendo em uma igreja que muitas e muitas vezes egoísta, pessoas que só pensam em si mesmas e na falta de tempo de até mesmo parar no culto e olhar realmente para o seu irmão e gastar um tempo com ele para escuta-lo. Quando falo da igreja é porque é o lugar que deveria ser realmente diferente mais esta situação este caos de relacionamento está em todos os lugares da sociedade mais como você eu quero ser diferente ter relacionamentos maduros e permanentes que não tem medo de amar e ser amado eu tenho refletido e vejo o quanto as pessoas tem medo de amar. de se entregar, confiar…Mais vamos nós fazer a diferença.
    Deus Abençoe!
    Renata Alves…


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: